Marcelo Freixo diz que Boulos do MTST é a solução para o brasil

Nem sempre a união faz a força. Para o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ), ao menos, reconstruir uma esquerda que definitivamente “não entendeu [os protestos de] 2013” pode significar seguir caminhos separados. “Não sei se esse é o momento de unificar todo mundo, não”, diz.

Veio de Freixo a ideia de lançar Guilherme Boulos à Presidência –março é o prazo para definir se o líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) se filia ao PSOL e a chapa vinga, afirma.

Ao lado de Ciro Gomes (PDT) e Manuela D’Ávila (PCdoB), Boulos engrossaria as candidaturas à esquerda que inquietam petistas.

Se o partido de Lula quisesse mesmo recompor o campo progressista, “não andaria de braços dados com Renan Calheiros”, diz Freixo entre poemas de Pablo Neruda (“nada puede contener todo el sol en las banderas”), fotos do MST e uma camisa personalizada do Flamengo –adornos de seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio, da qual se despedirá em 2018, após três mandatos, para concorrer à Câmara.

Folha de SP

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here