Rio, 21 – O deputado Paulo Melo também pediu licença do cargo, assim como fizeram o presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), Jorge Picciani e o deputado Edson Albertassi, líder do governo Luiz Fernando Pezão, alvos da operação Cadeia Velha. Todos são do PMDB.A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa de Melo na manhã desta terça-feira, 21. Ele ficará fora de suas atividades no Legislativo fluminense até o fim do recesso parlamentar, em janeiro.

Powered by WPeMatico